PARCEIRO DO BLOG

PARCEIRO DO BLOG

IMPOSTÔMETRO ; ISO É QUANTO O BRASILEIRO JÁ PAGOU DE TRIBUTOS DE 01/01/2015 ATÉ 14/08/2015

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Novidades em Kika Variedades em roupas feminina,masculino e infantil confira o que estamos anunciando Tel; 3523-2277

“Se você procura pelas últimas tendências de moda, o seu lugar é aqui na Loja Kika Variedades!em alto do Rodrigues
São diversos modelos de sapatos femininos, masculinos e infantil, confecções e acessórios das melhores ma...
Temos profissionais qualificados para atendê-lo com exclusividade!
Fique por dentro das novidades e renove constantemente com muito estilo na Loja de Moda Infantil, Roupas Femininas, Roupas Masculinas,Kika Variedades


Americano que matou 12 em cinema é condenado a 3.318 anos de prisão

Em 2012, James Holmes abriu fogo contra a plateia que assistia ao filme 'Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge' em Aurora, no ColoradoJames Holmes, na audiência que definiu a sentença de 3.318 anos de prisão. Foto: Divulgação

James Holmes, na audiência que definiu a sentença de 3.318 anos de prisão. Foto: Divulgação
O atirador James Holmes, considerado culpado por matar doze pessoas em um cinema de Aurora, no Estado americano de Colorado, em 2012, foi condenado por um juiz nesta quarta-feira a 3.318 anos de prisão.
O juiz Carlos Samour Jr. formalizou a decisão do júri que, no início de agosto, pediu a prisão perpétua do atirador. Holmes, que também feriu 70 pessoas na ação, escutou a sentença de pé e apresentando calma.
“É a decisão desta corte que o acusado nunca volte a pôr o pé na sociedade”, destacou o magistrado, que decidiu condenar Holmes, que agora tem 27 anos. “Se há algum caso que mereça pena capital é esse. O acusado não merece nenhum tipo de simpatia”, considerou o juiz, pedindo na sequência que o condenado fosse tirado da sala.
Com a sessão desta quarta-feira, chega ao fim um dos julgamentos mais longos da história dos Estados Unidos.
Há três anos, Holmes lançou gás lacrimogêneo em uma sala de cinema da cidade de Aurora que exibia o filme Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge e abriu fogo contra os presentes, causando a morte de 12 pessoas e ferindo outras 70. Ele tinha 24 anos e, ao ser detido pela polícia, se identificou como “Coringa”, um dos inimigos de Batman no longa-metragem.
Fonte: Veja

Hoje também quem está aniversariando: Maria Auxiliadora { Dora }

Parabéns por esse dia tão especial, muita alegria, paz e harmonia. Que todos os seus desejos se realizem, pois você merece.


Aniversariante do dia um grande amigo: Wilson Rodrigues.

Parabéns meu amigo 
Amigo, eu não poderia deixar passar esta data, este dia. Por isso, quero que você seja muito feliz nesta data que traz vida. Quero continuar torcendo por você, e acreditando que você pode ir mais além.

É mais um ano que chega, e você tem tudo para ser feliz todos os dias. Que esse aniversário, seja o melhor da sua história, que todos os votos de felicidade, saúde, fé e amor, cheguem até seu lar, para que você consiga ser forte a cada amanhecer e vencer tudo que a vida colocar na sua estrada.

Parabéns por hoje, parabéns por tudo o que é, parabéns por este dia de festa e prazer, por ser amigo e um amigo que merece os melhores votos de sorte e paz. Continue firme na esperança dos sonhos, você nasceu para realizar, você nasceu para alcançar.


Grupo alemão manifesta interesse em instalar fábrica de polissilício no RN

Grupo alemão manifesta interesse em
instalar fábrica de polissilício no RN
Empresario Alemo fot Ivanizio Ramos2
O governador Robinson Faria recebeu, na noite desta quarta-feira, 26, representantes da UAS Messtechnik GMB. A empresa Alemã analisa instalar uma fábrica de polissilício no Brasil e pediu apoio do governo estadual para realizar um estudo de viabilidade econômico-financeira no Rio Grande do Norte. A reunião aconteceu na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, com participação do titular da pasta, Flávio Azevedo.
"Este estudo também passa pela localização de jazidas de sílica apropriadas aqui no RN. É um estudo caro e eles querem uma participação financeira do Governo do Estado. Avaliaremos a possibilidade e tentaremos envolver também a iniciativa privada neste projeto", destacou o governador Robinson Faria, que pediu um prazo de 30 dias para dar um posicionamento final.
Empresario Alemo fot Ivanizio Ramos4
O secretário da Sedec, que conduzirá a articulação com a iniciativa privada, irá pleitear também recursos com o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). "A fábrica é um investimento muito grande e, em termos de inovação tecnológica, pode ter grande alcance", afirmou Flávio Azevedo. "Caso o projeto se confirme, será a única fábrica de polissilício da America Latina, porque uma única fabrica é suficiente para abastecer todo continente", concluiu.

SUSPEITO DE MATAR JORNALISTAS AO VIVO NOS EUA MORREU, AFIRMA JORNAL

O homem que é suspeito de matar, a tiros, uma repórter e um cinegrafista, nos Estados Unidos, nesta quarta-feira (26), morreu na tarde desta quarta. De acordo com a correspondente da TV NBC em Virginia, Alana Austin e o “Washington Post”, Vester Lee Flanigan, um ex-empregado da emissora que utilizava na mídia o nome de Bryce Williams, atirou em si mesmo enquanto era perseguido. 

A repórter Alison Parker, de 24 anos, e o cinegrafista, Adam Ward, de 27 anos, do canal WDBJ-TV, foram atingidos na cidade de Moneta por volta das 6h45 (no horário local) quando estavam no ar. Flanigan registrou o disparo e postou o vídeo em sua conta no Twitter

CÂMARA APROVA PROJETO QUE PROÍBE O INFANTICÍDIO NAS COMUNIDADES INDÍGENAS

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta, 26, projeto que coíbe práticas tradicionais nocivas às crianças indígenas, entre elas o infanticídio. Pelo texto aprovado, que altera o Estatuto do Índio, cabe ao Estado agir para proteger crianças, adolescentes, mulheres, deficientes e idosos de práticas que atentem contra a vida, a saúde e a integridade físico-psíquica dos indígenas. O projeto segue agora para o Senado. 


A proposta foi aprovada por 361 votos à favor, 84 contra e nove abstenções. O projeto diz que órgãos responsáveis pela política indigenista, como a Fundação Nacional do Índio (Funai), devem atuar em situações como infanticídio, homicídio, abuso sexual, estupro, escravidão, abandono de vulneráveis e violência doméstica. 

O texto prevê que o Estado deve desenvolver projetos que visem a defesa, entre outros, de recém-nascidos, crianças rejeitadas pelos genitores e mulheres em caso de gestação múltipla. Caberá ao órgão do Estado fazer o cadastro das gestantes para acompanhamento e garantia de que a criança nascerá sem risco de sofrer violência. 

O substitutivo aprovado nesta noite diz que os cidadãos são obrigados a informar sobre situações de risco detectados em comunidades indígenas, sob pena de serem responsabilizados. "As autoridades serão igualmente responsabilizadas, na forma das leis vigentes, quando não adotarem, de maneira imediata, as medidas cabíveis para a proteção e defesa das crianças, adolescentes, mulheres, pessoas com deficiência e idosos indígenas em situação de risco", destaca o texto. 

O projeto foi batizado de "Lei Muwaji", em homenagem a uma mãe indígena que se revoltou contra a tradição de sua tribo e salvou a vida da filha, que seria morta por ter nascido com deficiência física. 

Estadão Conteúdo